Search

Carregando...
Tecnologia do Blogger.

contador


contador web de visitas

visitantes

domingo, 23 de janeiro de 2011

Nosso limite é o céu


Jaboatão é o maior local  turístico ecológico de Pernambuco !
No topo da serra da macambira, ponto mais alto da cidade do jaboatão, engenho macujé.
quem esta lá, da esquerda para a direita: fabiano suassuna, paú, alexandre roseno, edson, googo, leu , Waldenilton, e james devison
Juventude Suassuna embarca em mais uma aventura. Conhecer a beleza natural de Jaboatão e Cabo de Santo Agostinho.

Jaboatão:
                                  A beleza ecológica e histórica da cidade de jaboatão é um dos fundamentos  do nosso orgulho em sermos jaboatãonenses. jaboatão é  responsável em fortalecer o turismo  no estado de Pernambuco. A sua diversidade ecológica da um diferencial entre as demais cidades do estado.
A zona rural possui um potencial ecológico muito grande,  e com este seguimento vem as casa Grande dos engenhos, os mitos Históricos e as longas estradas muito utilizadas para  fazer trilhas em bicicletas, motos, triciclos e carros.
                                As nascentes são outros atrativos, elas tem dois sentidos: um, o Rio pirapama e o outro o Rio Jaboatão este mistério da natureza, acontece nas terras do engenho secumpema onde mais adiante está a reserva ecológica estadual são Salvador  e o Rio gujaú, cercado de mata virgem,  e vários tipos de animais e lagos.
                               A cidade do jaboatão tem seu território ligado as cidades do Cabo de Santo Agostinho, Moreno e Recife, isto facilita ainda mais sua expansão ecológica

                             Na busca de registrar as riqueza ecológicas de jaboatão e cidades vizinhas que fortalecem ainda mais o roteiro turístico. A juventude suassuna embarcou em mais uma aventura , em trilhas, viagem de ônibus coletivo, bicicletas e motos. visitando engenhos, matas atlânticassitio e rios e montes. Percorremos cerca de 11 engenhos entre eles : penandubinha, camaço,pedra lavrada,secumpema,são salvador, jocobima(moreno),carauna(moreno), gujaú, mato grosso e  macujé. os Rios visitados foram Rio gujaú, e são salvador e riacho suassuna.

lago de águas,  nas matas da reserva estadual , são salvador, jaboatão
Rio gujaú

nascentes no engenho sucumpema.  e ao lado uma pegada parecida  com a sola de um pé. mistério num mundo  religioso, esta localizada nas cataratas do engenho gujau
Engenho gujaú
casa grande do engenho gujaú
serra da macambira, ponto mais alto de jaboatão. lindo pôr do sol 


Cabo de Santo Agostinho:

                                                                A cidade do cabo de santo Agostinho é marcada por vários acessos, que facilita sua visitação, a mata atlântica, e as belíssimas praias. são locais de mais procurados. Houve um grande avanço nos ultimo anos, recuperação e pavimentação das estradas, mais segurança como é visto no  forte da praia de gaibú, sem comentar sua  recuperação que fortaleceu ainda mais o turismo local.
                                                                 O transporte coletivo facilita os números de turista vindo das cidades vizinha, tornado o local acessível a todos. A cidade pode avança muito neste setor se controlar as reservas da mata atlânticas que possui, e que são cobiçadas por empresários, para construção imobiliária.
Na cidade não há uma politica de recebimento e divulgação aos turista, adequada este seja o ponto mais negativo.

Pontos mais visitados:
Banho de lama ( argila)
Praia de tapuama, do paiva, de gaibú, calhetas e praia de nazaré.
as praias são ótimas para o surf.
na zona rural o destino mais visitado é Juçaral

banho de lama. quem estava lá: da esquerda para a direita: Abinadab, ezequias piranga, adriano roseno, eliab, adriano nunes, amós e alexandre roseno

reserva atlântica do Paiva

Adriano roseno
adriano roseno, Lyla da holanda, Van de são paulo e alexandre roseno. Em Duas lagoa cabo de santo agostinho

local de entrada do banho de lama


Duas  lagoas cabo de santo agostinho





"É  bastante fácil o acesso a praias da cidades do cabo, deveriam investir mais em transporte publico e em segurança como acontece na Holanda. "  falou a o casal de turistas Lyla da Holanda e Van de São Paulo.



Crítica:
              O turismo é algum que existe. Mesmo quando os  órgão público afasta sua  intervenção à este setor. Para entender esta contradição a juventude suassuna formou um grupos para visitação e estudo para criação de um roteiro turristico. E foram gasto nessa aventura 700,00R$.  isto comprovou que o setor turístico existe, só não é governado. o numero de pessoas que fazem trilhas de motos , bicicletas e carros  surpreendeu nossa equipe de pesquisa.
             encontramos na noza rural do jaboatão estradas em persimas conservação, sem    policiamentos , há um des-matamento enorme, as nascentes são sufocadas pelas plantação de cana de açúcar,sem falar do aumento da prostituição infantil nos locais de banho nos rios dos engenhos. A violência na zona rural entre os jovens ainda é o consumo do álcool.
               Não há transporte  coletivo na zona rural  e quando tem é só 2 ou 3 vezes na semana este fato foi visto nas tres cidades, Moreno, Cabo e Jaboatão. Sem falar que as estradas  rurais não tem nomes ou seja endereço. Vivem acostumados nas mediocridade e desrespeito do poder público.
            Desenvolver o turismo em jaboatão não é algum difícil, como já constatamos o setor já existe basta governa-lo.


" o a serra da macambira o ponto mais alto de jaboatão, lugar onde deveria ter uma preservação ecologia e receber turista. Esta cercado de cana de açúcar e torres elétricas da chefes."  relatou Edson silva  secretario da juventude suassuna.


 "A] lagoa azul é um dos lugares mais preferido quando venho a jaboatão, mais o acesso é muito precário e não há segurança." relatou o turista Erich Josse 35 anos, da   Holanda. 
quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Quem será capaz de desenvolver a agricultura em jaboatão

 Quem será capaz de desenvolver a agricultura em jaboatão?

Porque somos pobres se temos muitas riquezas...?


senhor severino contente com suas plantações,  no seu roçado
Dona Maria,  sitio do  seu neco, situado no eixo de integração da muribeca 


    O desenvolvimento da agricultura em nossa cidade segue uma política liberal e descentralizada. contextualizada no mercado de capital, entre o patrão e o empregado e o trabalhador informal.
     A economia agrícola  da cidade do jaboatão, [está dividida em três grandes grupos: a agricultura cana-vieira, a agricultura familiar (produzida por pequenos agricultores) e os atravessadores que comercializam na feira do centro da cidade.
    A criação de politicas publicas para a agricultura é um dever do Estado epode ser desenvolvida pelo  gestor municipal. A agricultura gera uma economia solida, cria renda e recurso para a cidade, quando uma gestão não centraliza seu governo sobre a economia agrícola, e seu desenvolvimento sustentável, o mesmo deixa de se preocupar com a qualidade da alimentação que a população estar consumindo e o mercado de trabalho que a zona rural possui.
    Na cidade do jaboatão nunca houve uma gestão voltada para agricultura ao ponto de se criar uma politica econômica em que alcança-se grandes metas  de produção ao longo do anos.
    Os pequenos agricultores familiar são os que mais sofrem com essa politica liberal, porem   suas terras ou seus sitos, na maior parte pertencem aos engenhos. A cidade do jaboatao possui mais de 20 engenhos produtores de cana de açúcar, donos de uma vasta extensões  de terras.
   Essas contradições é um dos motivos da desmotivação dos pequenos produtores rurais. a cada 10 sítios visitados pela juventude suassuna 09 não tinham documentação da propriedade e 07 pertencia ao senhor de engenho. muitos sitio são limitados ao que possam produzir ou plantar. a falta de documentação, estrutura social e infra-estrutura das estradas que dar  acesso a cidade para a comercialização são os pivores para a baixa produtividade.
    Como processo de intervenção,o  Estado criou o IPA (instituto de pesquisa agrária de pernambuco) que conta com o Banco do Nordeste para financiamento ao produtor rural. junto vem o gestor municipal com suas políticas de intervenção e as associação de agricultores e sindicatos rurais. Desenvolver  à agricultura na cidade do jaboatão não é algo fácil, a verdade é que as pessoas preferem ser empregado com sua carteira assinada do que  serem um produtor rural. mais vale lembrar que estes órgão são pagos para desenvolver a agricultura e não para se calar diante dos fatos.


" O governo esta preocupado só com a vara, nem ensina a pescar  e nem  compra nosso  peixe, essa é a realidade do nosso povo...". relatou seu bio da jaca, do engenho são joaquim 


banana anã, sitio da Dona  leonor, fazenda suassuna, jaboatão
Dendê , sitio do Seu Zeca, engenho são pedro, jaboatão
nascente do sitio do seu Zeca , engenho são pedro, jaboatao
manga maranhão, sitio do Seu Deda , engenho são joaquim, jaboatão
  A organização de jovens e adolescentes da fazenda suassuna, cria um blog para relatar as pesquisas e a importância dos sitio para uma cidade sustentável.  
www.sitiosbrasil.blogspot.com

  A juventude suassuna vem desde 2009 documentando os sitio e sua produções agrícola, na cidade do jaboatao, na coordenação deste projeto esta alexandre roseno. outro projeto é a documentação históricas e arquitetônicas dos engenhos e casas grande, e na coordenação deste projeto estão fabiano suassuna e Edson silva , outro projeto bem ousado é o mapeamento das estradas rurais da nossa cidade, que ira servir para facilitar a locação dos engenhos e sitios e reservas naturais e ecológicas, esse projeto é coordenado pelo geógrafo jemes devison .

About Me

Seguidores