Search

Carregando...
Tecnologia do Blogger.

contador


contador web de visitas

visitantes

Agricultura Sustentável


Quem será capaz de desenvolver a agricultura em jaboatão

 Quem será capaz de desenvolver a agricultura em jaboatão?

Porque somos pobres se temos muitas riquesas...?


senhor severino contente com suas plantações,  no seu roçado
Dona Maria,  sitio do  seu neco, situado no eixo de integração da muribeca 


    O desenvolvimento da agricultura em nossa cidade segue uma política liberal e descentralizada. contextualizada no mercado de capital, entre o patrão e o empregado e o trabalhador informal.
     A economia agrícola  da cidade do jaboatão, [está dividida em três grandes grupos: a agricultura cana-vieira, a agricultura familiar (produzida por pequenos agricultores) e os atravessadores que comercializam na feira do centro da cidade.
    A criação de politicas publicas para a agricultura é um dever do Estado epode ser desenvolvida pelo  gestor municipal. A agricultura gera uma economia solida, cria renda e recurso para a cidade, quando uma gestão não centraliza seu governo sobre a economia agrícola, e seu desenvolvimento sustentável, o mesmo deixa de se preocupar com a qualidade da alimentação que a população estar consumindo e o mercado de trabalho que a zona rural possui.
    Na cidade do jaboatão nunca houve uma gestão voltada para agricultura ao ponto de se criar uma politica econômica em que alcança-se grandes metas  de produção ao longo do anos.
    Os pequenos agricultores familiar são os que mais sofrem com essa politica liberal, porem   suas terras ou seus sitos, na maior parte pertencem aos engenhos. A cidade do jaboatao possui mais de 20 engenhos produtores de cana de açúcar, donos de uma vasta extensões  de terras.
   Essas contradições é um dos motivos da desmotivação dos pequenos produtores rurais. a cada 10 sítios visitados pela juventude suassuna 09 não tinham documentação da propriedade e 07 pertencia ao senhor de engenho. muitos sitio são limitados ao que possam produzir ou plantar. a falta de documentação, estrutura social e infra-estrutura das estradas que dar  acesso a cidade para a comercialização são os pivores para a baixa produtividade.
    Como processo de intervenção,o  Estado criou o IPA (instituto de pesquisa agrária de pernambuco) que conta com o Banco do Nordeste para financiamento ao produtor rural. junto vem o gestor municipal com suas políticas de intervenção e as associação de agricultores e sindicatos rurais. Desenvolver  à agricultura na cidade do jaboatão não é algo fácil, a verdade é que as pessoas preferem ser empregado com sua carteira assinada do que  serem um produtor rural. mais vale lembrar que estes órgão são pagos para desenvolver a agricultura e não para se calar diante dos fatos.


" O governo esta preocupado só com a vara, nem ensina a pescar  e nem  compra nosso  peixe, essa é a realidade do nosso povo...". relatou seu bio da jaca, do engenho são joaquim 


banana anã, sitio da Dona  leonor, fazenda suassuna, jaboatão
Dendê , sitio do Seu Zeca, engenho são pedro, jaboatão
nascente do sitio do seu Zeca , engenho são pedro, jaboatao
manga maranhão, sitio do Seu Deda , engenho são joaquim, jaboatão
  A organização de jovens e adolescentes da fazenda suassuna, cria um blog para relatar as pesquisas e a importância dos sitio para uma cidade sustentável.  
www.sitiosbrasil.blogspot.com

  A juventude suassuna vem desde 2009 documentando os sitio e sua produções agrícola, na cidade do jaboatao, na coordenação deste projeto esta alexandre roseno. outro projeto é a documentação históricas e arquitetônicas dos engenhos e casas grande, e na coordenação deste projeto estão fabiano suassuna e Edson silva , outro projeto bem ousado é o mapeamento das estradas rurais da nossa cidade, que ira servir para facilitar a locação dos engenhos e sitios e reservas naturais e ecológicas, esse projeto é coordenado pelo geógrafo jemes devison .

About Me

Seguidores